Index   Back Top Print

[ DE  - EN  - ES  - FR  - IT  - PT ]

DISCURSO DO PAPA BENTO XVI
AO 31º ESQUADRÃO DA AERONÁUTICA
MILITAR ITALIANA

Sábado, 10 de Setembro de 2005

 

Queridos membros do 31º Esquadrão
da Aeronáutica Militar Italiana!

Esta é para mim a primeira ocasião de me encontrar com o vosso grupo completo. Sinto-me verdadeiramente feliz e agradeço a vossa visita e o serviço que desempenhais. Saúdo de coração também os vossos familiares que vos acompanham. Estou grato ao Comandante que termina o mandato, Coronel Giuseppe Coco, pelas palavras gentis que me dirigiu, e desejo expressar-lhe profundo reconhecimento pelo precioso trabalho que realizou. Saúdo o Coronel Giuseppe Gimondo, que se prepara para assumir a chefia do Esquadrão, e apresento-lhe os melhores votos para este novo cargo. Depois, estou grato pela gentil homenagem de um quadro muito interessante.

Desde que o Senhor me chamou para desempenhar o ministério de Bispo de Roma, já tive a ocasião de usufruir bastante dos vossos serviços, verificando a profissionalidade com que trabalhais e, ao mesmo tempo, o espírito cristão que vos anima. Como crentes, é-vos dada a possibilidade de participar dos mesmos ideais evangélicos que estão na base da missão do Papa. No desempenho do vosso trabalho, podeis pôr à disposição da Igreja as vossas capacidades e a bagagem de competências e experiências que adquiristes, cooperando assim, do modo que vos é próprio, com o ministério do Sucessor de Pedro.

A minha gratidão e a dos meus colaboradores quer expressar-se também mediante alguns sinais de distinção, que nesta ocasião tenho a alegria de vos entregar. Mas desejo sobretudo garantir-vos que estou próximo de vós com a oração, confiando a Deus todas as vossas intenções e projectos.

Encontrar-me hoje convosco e com os vossos familiares serve-me de estímulo para recordar ao Senhor a família de cada um de vós, para que Ele ilumine com a sua graça os momentos favoráveis e os difíceis, enriquecendo uns e outros de valor sobrenatural. Confio a partir deste momento esta intenção, e as particulares que levais no coração, à intercessão da Virgem Maria. Desejo-vos um trabalho sereno, e concedo de coração a minha bênção a vós aqui presentes, fazendo-a de bom grado extensiva a todos os que vos são queridos e não puderam participar neste encontro.

© Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana