Index   Back Top Print

[ DE  - EN  - FR  - IT  - PT ]

DISCURSO DO PAPA BENTO XVI
AO SENHOR HENRY LLEWELLYN LAWRENCE,
NOVO EMBAIXADOR DE BELIZE JUNTO DA SANTA SÉ
 POR OCASIÃO DA APRESENTAÇÃO
 DAS CARTAS CREDENCIAIS

Sala Clementina
Quinta-feira, 9 de Junho de 2011

 

Senhor Embaixador

Tenho o prazer de recebê-lo no Vaticano e de aceitar as Cartas Credenciais com as quais foi nomeado Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário de Belize junto da Santa Sé. Agradeço-lhe ter-me transmitido as cordiais saudações do Governador-Geral, Senhor Colville Young, e peço que lhe expresse os meus bons votos de felicidades, assim como a todo o povo da sua Nação.

A Santa Sé aprecia as relações diplomáticas com Belize como instrumento importante para alcançar a cooperação recíproca para o bem-estar moral e material de todos os seus cidadãos. Com a cooperação de homens e mulheres de boa vontade em toda a América Central, a Igreja trabalha para promover a paz e a prosperidade entre todos os povos da região, mesmo em circunstâncias difíceis, baseando-se nos valores eternos do Evangelho, que sempre ajudaram o povo da região. Com solicitude especial para com os pobres e os frágeis, a Igreja chama a atenção sobre a dignidade do homem e trabalha para promover e reforçar tal dignidade através das suas numerosas actividades sociais, caritativas e em prol do desenvolvimento. O compromisso nesta tarefa não é motivada apenas pelo amor pela pessoa humana, mas sobretudo pelo amor profundo a Deus, «à luz do qual se compreendem plenamente a identidade, o sentido e a finalidade da pessoa» (Dia Mundial da Paz de 2011, n. 1).

Historicamente, a Igreja católica em Belize goza de relações cordiais com as autoridades civis, numa atmosfera destinada à realização da missão que lhe foi confiada pelo Senhor. Esta atmosfera é amplamente devida aos alicerces sobre os quais foi edificado Belize, uma base que suporta os valores cristãos tradicionais e reconhece o valor perene de direitos humanos autênticos e de liberdades políticas e civis fundamentais, que promovem o respeito pela pessoa humana, a harmonia social e o progresso da sociedade na sua totalidade. Entre as leis aprovadas neste país encontram-se os direitos à liberdade religiosa e à liberdade de culto. Como tive ocasião de observar recentemente, «o direito à liberdade religiosa está enraizado na própria dignidade da pessoa humana, cuja natureza transcendente não deve ser ignorada ou descuidada» (Ibid., n. 2). A liberdade de religião e a liberdade de culto permitem aos crentes progredir como indivíduos e contribuir positiva e plenamente na vida do país em todas as esferas da actividade humana. Senhor Embaixador, neste sentido, possa o seu país ser um exemplo para os seus vizinhos e para os que procuram debelar as consequências destes direitos e dos seus valores correspondentes.

A Igreja católica em Belize está empenhada na sociedade de várias maneiras, inclusive na educação dos jovens, em colaboração com o Estado. Em princípio, a educação prepara os indivíduos e obtém deles o melhor de modo que, por sua vez, possam contribuir de bom grado para a sociedade na sua globalidade em termos económico, cultural e social. A educação religiosa, especialmente a católica, oferece a própria contribuição para o bem-estar do seu povo, para «ajudar as novas gerações a reconhecer no outro o próprio irmão e a própria irmã, com os quais caminhar juntos e colaborar para que todos se sintam membros vivos da mesma família humana» (Ibid., 4). A educação dá frutos quando está baseada nas virtudes já enraizadas na família «célula primária da sociedade humana» e «âmbito primário de formação para relações harmoniosas a todos os níveis de convivência humana, nacional e internacional» (Ibidem). Possuindo uma sólida base de fé e virtude, inteligência e boa vontade, os jovens de Belize estarão melhor preparados para assumir a guia cívica e social, e para proporcionar um futuro estável, justo e pacífico à Nação.

Senhor Embaixador, com estes sentimentos ofereço-lhe os melhores votos para a sua nova missão e garanto-lhe a disponibilidade da Cúria Romana em apoiá-lo no seu alto cargo. Sobre Vossa Excelência e sobre todo o povo de Belize, invoco as abundantes Bênçãos de Deus todo-poderoso.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana