Index   Back Top Print

[ EN  - ES  - FR  - IT  - PT ]

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO
 A SUA BEATITUDE FOUAD TWAL
PATRIARCA DE JERUSALÉM  DOS LATINOS

 

A Sua Beatitude Fouad Twal
Patriarca de Jerusalém dos Latinos

Trasmito-lhe cordiais saudações, bem como aos seus irmãos Bispos e a todos aqueles que se congregaram em Nazaré, enquanto celebrais o encerramento do Ano da fé na Terra Santa. Asseguro-vos a minha proximidade espiritual e rezo a fim de que esta celebração não apenas testemunhe a vossa fé mas também a alimente, convidando os outros a um encontro com Jesus Cristo.

Ao proclamar o Ano da fé, o meu amado predecessor Bento XVI recordou-nos que constitui um aspecto «decisivo repassar, durante este Ano, a história da nossa fé, que faz ver o mistério insondável da santidade entrelaçada com o pecado» (Porta fidei, 13). Este último Ano ofereceu-nos a todos a oportunidade para meditar novamente sobre o mistério da fé e sobre a santidade de Deus, que Ele compartilhou com cada um de nós em Jesus Cristo. Fazemo-lo como pecadores, conscientes da nossa indignidade, mas ainda mais gratos à misericórdia de Deus e ao convite constante à união com Ele e com o povo inteiro.

A história da nossa fé tem as suas origens na Terra onde vós estais a celebrar. Antes de poder compreender a nossa história de fé pessoal e a nossa necessidade da misericórdia da Deus, todos nós devemos dirigir o nosso olhar ao lugar e ao tempo em que o próprio Jesus caminhava no meio de nós. Com efeito, foi ali que o Senhor Jesus assumiu a nossa natureza humana e que nos revelou Deus. Foi ali que Ele ensinou aos seus apóstolos e discípulos, vivendo as alegrias e os sofrimentos, as bênçãos e as dificuldades da vida humana e do amor. E foi ali que nos concedeu a dádiva da sua Paixão, Morte e Ressurreição, assim como da certeza da vida eterna.

Desejo manifestar o profundo apreço a todos os cristãos na Terra Santa, pela sua preservação fiel dos lugares sagrados e pelo seu testemunho constante da proclamação do Evangelho. Garanto-vos as minhas orações e a minha gratidão a Deus pela vossa fé profunda e pela vossa perseverança. Encorajo-vos a ser sempre testemunhas da paz, da alegria e da misericórdia de Deus.

Asseguro a minha prece também aos peregrinos presentes nessa celebração. A vossa experiência dos lugares sagrados seja uma ocasião para encontrar Jesus Cristo e para tornar mais profundo o vosso amor por Ele e pela sua Igreja.

Não obstante o Ano da fé esteja prestes a terminar, rezo a fim de que o vosso desejo de conhecer Jesus aumente e para que o vosso amor a Ele se torne cada vez mais profundo. Que possais compartilhar este dom da fé com zelo sempre mais intenso, transmitindo graças e bênçãos às vossas famílias, às vossas comunidades e ao mundo inteiro.

Com um agradecimento particular àqueles que tornaram possível esta celebração, confio todos vós à intercessão de Maria, Mãe de Jesus, e a São José, seu esposo, enquanto vos concedo de bom grado a minha Bênção Apostólica como penhor de paz e de alegria.

Vaticano, 8 de Novembro de 2013.

Francisco

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana