Index   Back Top Print

[ EN  - FR  - IT  - PT ]

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO,
ASSINADA PELO CARDEAL SECRETÁRIO DE ESTADO PIETRO PAROLIN,
AOS JOVENS REUNIDOS EM VALÊNCIA (ESPANHA)
PARA O ENCONTRO ORGANIZADO
PELA COMUNIDADE DE TAIZÉ

 

Amados jovens!

Reunistes-vos aos milhares em Valência, na Espanha, para o 38° encontro europeu, animado pela comunidade de Taizé. O tema da misericórdia, que vos congrega, e que aprofundareis durante o ano de 2016, torna o Papa Francisco particularmente próximo de vós, porque o Jubileu da Misericórdia, por ele proclamado, teve início a 8 de Dezembro.

E ele deseja «que durante o Jubileu o povo cristão medite sobre as obras de misericórdia corporal e espiritual» (Bula de proclamação do Jubileu extraordinário da Misericórdia). O Santo Padre agradece-vos cordialmente a contribuição que ofereceis com as forças criadoras e a fantasia da vossa juventude.

Desejais também que a misericórdia se manifeste em todas as suas dimensões, inclusive nas sociais. O Papa encoraja-vos a seguir este caminho, a ter a coragem da misericórdia que vos levará não só a recebê-la vós mesmos, na vossa vida pessoal, mas também a aproximar-vos das pessoas necessitadas. Como sabeis, a Igreja existe para a humanidade inteira e «onde quer que haja cristãos, todos devem poder encontrar um oásis de misericórdia». É precisamente assim que se podem tornar as vossas comunidades.

Isto é válido de modo especial para os numerosos migrantes, que têm grande necessidade da vossa hospitalidade. Recentemente, por ocasião do centenário do nascimento do fundador da comunidade de Taizé, o Papa Francisco escreveu ao Irmão Alois: «O Irmão Roger amava os pobres, os deserdados, aqueles que aparentemente nada contam. Com a sua existência e com a dos seus irmãos mostrava que a oração caminha com a solidariedade humana». Que mediante a vossa prática da solidariedade e da misericórdia, possais viver a alegria exigente e rica de sentido à qual vos chama o Evangelho.

O Santo Padre deseja que durante estes bonitos dias do vosso encontro em Valência, rezando e compartilhando entre vós, possais descobrir ainda melhor Cristo, «semblante da misericórdia do Pai». Ele já falava por meio do profeta Oseias, que transmitia ao seu povo a seguinte mensagem: «Quero misericórdia, não sacrifícios!».

Do fundo do coração, o Papa Francisco concede a sua bênção a todos vós, jovens participantes no encontro, aos Irmãos de Taizé, e também a todos aqueles que vos recebem em Valência e nos arredores.

Cardeal Pietro Parolin
Secretário de Estado de Sua Santidade

 

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana