Index   Back Top Print

[ DE  - EN  - ES  - FR  - IT  - PL  - PT ]

MENSAGEM VÍDEO DO PAPA FRANCISCO
 AOS PEREGRINOS DA POLÓNIA
POR OCASIÃO DO 300º ANIVERSÁRIO DA COROAÇÃO
 DA IMAGEM DE NOSSA SENHORA DE CZĘSTOCHOWA NO SANTUÁRIO DE JASNA GÓRA

 

Queridos peregrinos!

Saúdo-vos todos com grande afeto, especialmente vós que fizestes tanta estrada para chegar hoje, juntamente com os estimados irmãos Bispos e sacerdotes, à capital espiritual do país.

Se Częstochowa está no coração da Polónia significa que a Polónia tem um coração materno; que cada pulsação de vida ocorre juntamente com a Mãe de Deus. A Ela estais habituados a confiar tudo: o passado, o presente, o futuro, as alegrias e as angústias da vossa vida pessoal e do vosso amado país. Isto é muito bonito. E é muito bom para mim recordar que o fiz convosco, no ano passado, quando me pus sob o olhar da Mãe, quando fitei os meus olhos nos de Nossa Senhora, confiando ao seu coração o que havia no meu e no vosso. Conservo viva e grata a memória daqueles momentos, a alegria de ter ido também eu como peregrino celebrar, sob o olhar da Mãe, os 1050 anos do batismo da Polónia.

Outra ocasião de graça reúne-vos hoje numerosos: há trezentos anos o Papa concedeu que fossem postas as coroas papais na imagem de Nossa Senhora de Jasna Góra, vossa Rainha. É uma grande honra ter como Mãe uma Rainha, a mesma Rainha dos Anjos e dos Santos, que reina gloriosa no céu. Mas dá ainda mais alegria saber que se tem como Rainha uma Mãe, amar como Mãe Aquela que chamais Senhora. De facto, a imagem sagrada mostra que Maria não é uma Rainha distante, sentada num trono, mas a Mãe que abraça o Filho e com Ele todos nós, seus filhos. É uma Mãe verdadeira, com o rosto marcado, uma Mãe que sofre porque se preocupa pelos problemas da nossa vida. É uma Mãe próxima, que nunca nos perde de vista; é uma Mãe terna, que nos leva pela mão no caminho de todo dia.

Este é o meu desejo para o solene Jubileu que estais a celebrar: que seja o momento favorável para sentir que nenhum de nós é órfão, porque cada um tem perto de si uma Mãe, Rainha insuperável de ternura. Ela conhece-nos e acompanha-nos com o seu estilo tipicamente materno: manso e ao mesmo tempo corajoso; nunca indiscreto e sempre perseverante no bem; paciente diante do mal e ativo ao promover a concórdia.

Nossa Senhora conceda a graça de vos alegrar juntos, como família reunida em volta da Mãe. Neste espírito de comunhão eclesial, que se tornou ainda mais forte pelo vínculo único que une a Polónia ao sucessor de Pedro, concedo-vos de coração a Bênção Apostólica. E peço a todos vós, por favor, que rezeis por mim. Obrigado.

 

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana