Index   Back Top Print


DISCURSO DO PAPA FRANCISCO
AOS MEMBROS DA "PAPAL FOUNDATION"

Sala Clementina
Quinta-feira, 11 de Abril de 2013

 

Queridos Amigos

É-me grato encontrar-me com os membros da Papal Foundation durante a vossa peregrinação a Roma, e agradeço ao Cardeal Wuerl as suas amáveis palavras. Aprecio profundamente as vossas orações, no momento em que começo o meu ministério como Bispo de Roma e Pastor da Igreja universal. Ao longo dos vinte e cinco anos que passaram desde a instituição da Fundação, vós e os vossos agremiados ajudaram o Sucessor de São Pedro, contribuindo para numerosas obras de apostolado e de caridade, especialmente próximas do seu coração. Durante estes anos contribuístes de modo significativo para o crescimento das Igrejas locais nos países em fase de desenvolvimento, favorecendo entre outras, a formação permanente do clero e dos religiosos, oferecendo abrigo, assistência médica e cuidados aos pobres e necessitados, e fomentando oportunidades de formação e de trabalho, necessárias de maneira particular.

Estou-vos profundamente grato por tudo isto. As necessidades do Povo de Deus no mundo inteiro são enormes, e os vossos esforços em vista de fazer progredir a missão da Igreja ajudam a combater as numerosas formas de pobreza material e espiritual presentes no seio da nossa família humana, e contribuem para o crescimento da fraternidade e da paz. Possa o 50º aniversário da Carta Encíclia Pacem in terris, que se celebra precisamente hoje, servir como incentivo para o vosso compromisso de promoção da reconciliação e da paz a todos os níveis. Durante este tempo pascal, no qual a Igreja nos convida a dar graças a Deus pela misericórdia e nova vida que recebemos de Cristo ressuscitado, rezo a fim de que experimenteis o júbilo que provém da gratidão pelas numerosas dádivas do Senhor, e procureis servi-lo no menor dos seus irmãos e irmãs.

A obra da Papal Foundation é acima de tudo de solidariedade espiritual para com o Sucessor de Pedro. Por isso, peço-vos que continueis a rezar pelo meu ministério, pelas necessidades da Igreja e de maneira especial pela conversão das mentes e dos corações à beleza, à bondade e à verdade do Evangelho. É com grande afecto que vos confio, bem como as vossas famílias, à intercessão de Maria, Mãe da Igreja, enquanto vos concedo cordialmente a minha Bênção apostólica como penhor de alegria e paz no Senhor ressuscitado.

 


© Copyright - Libreria Editrice Vaticana