Index   Back Top Print

[ ES  - IT  - PT ]

DISCURSO DO PAPA FRANCISCO
 AOS SÓCIOS DO CÍRCULO SÃO PEDRO

Sala Clementina
Sábado, 12 de maio de 2018

[Multimídia]


 

Queridos sócios do Círculo de São Pedro!

Saúdo-vos cordialmente a todos e agradeço ao vosso Presidente-Geral, Duque Leopoldo Torlonia, as suas palavras. Manifesto o meu apreço a cada um pelo serviço diário a favor das pessoas mais desfavorecidas da cidade. Há muitos anos, o Círculo de São Pedro é uma bonita realidade de assistência e de ajuda aos pobres: um ramo da rica e fecunda “videira” da caridade, expressão da “vinha” eclesial de Roma. Sei que vos esforçais por ser o rosto de uma Igreja que avança até aos confins, que nunca está parada, mas caminha para ir ao encontro dos irmãos e das irmãs que têm fome e sede de escuta, partilha, proximidade e solidariedade. Exorto-vos a prosseguir por este caminho!

Na vossa atividade, não tenhais vergonha da carne ferida do irmão, mas em cada pessoa sofredora e necessitada sabei entrever o rosto de Cristo. Sede missionários corajosos da caridade cristã e não vos canseis de dar testemunho da misericórdia e da bondade de Deus, tornando-vos instrumentos de consolação para tantas pessoas frágeis e desesperadas.

Tendes diante de vós o exemplo de muitos Santos da caridade, já beatificados ou canonizados; mas deixai-vos estimular também «pelos sinais de santidade que o Senhor nos apresenta através dos membros mais humildes deste povo que participam também da função profética de Cristo, difundindo o seu testemunho vivo, sobretudo pela vida de fé e de caridade» (Exort. ap. Gaudete et exsultate, 8). O vosso apostolado constitui uma ocasião e um instrumento a fim de corresponder ao chamado à santidade que o Senhor dirige a cada um de nós. Através das obras de caridade, vós permitis que a graça recebida no Batismo frutifique num caminho de santidade, que é o fruto da ação do Espírito Santo na nossa vida.

Obrigado também pelo Óbolo de São Pedro, que recolheis em todas as igrejas como sinal da vossa participação na solicitude do Bispo de Roma para com a pobreza desta cidade. A vossa apreciada atividade caritativa seja sempre sustentada pela oração e pela referência constante à Palavra de Deus, luz que ilumina o nosso caminho.

Confio-vos, assim como os vossos familiares e a vossa missão, à proteção da Virgem Santa, a Salus Populi Romani, e à intercessão de São Pedro e São Paulo. Peço-vos que continueis a apoiar o meu ministério também com a oração, e abençoo-vos de coração.

Obrigado.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana