Index   Back Top Print

[ DE  - ES  - FR  - EN  - IT  - PT ]

JOÃO PAULO II

JUBILEU DOS DESPORTISTAS

ANGELUS

Domingo, 29 de Outubro de 2000 

 

 

1. Neste momento de alegria não podemos nem devemos esquecer que nalgumas regiões do mundo se continua a sofrer e, com frequência, a morrer. Penso, de modo particular, na região do Médio Oriente.

Mais uma vez desejo convidar todas as partes envolvidas no processo de paz a não pouparem esforços em vista do restabelecimento do clima de diálogo existente até há algumas semanas. A confiança recíproca, a rejeição das armas e o respeito da lei internacional são os únicos meios capazes de dar novamente vida ao processo de paz. Por isso, rezemos a fim de que se volte à mesa das negociações e, mediante o diálogo, se chegue ao almejado objectivo de uma paz justa e duradoura, que garanta a todos o direito inalienável à liberdade e à segurança.

2. Estamos prestes a concluir a celebração eucarística, centro deste evento jubilar. Oferecemos a Deus o desporto como actividade do homem destinada ao seu pleno desenvolvimento e às relações sociais fraternas.

Este altar, colocado no grande Estádio Olímpico de Roma, recordou-nos que também o desporto é antes de tudo um dom de Deus.

Agora, este dom deve tornar-se missão e testemunho. No contexto do Ano jubilar, será lido daqui a pouco o "Manifesto do Desporto", como que a sublinhar o empenho concreto que brota deste Jubileu.

Dirijo uma saudação cordial a todos os desportistas de expressão francesa que participam neste Jubileu, convidando-os a ser, através do desporto, mensageiros de paz e de fraternidade, assim como exemplos de vida recta e harmoniosa. Com a minha Bênção Apostólica.

Queridos amigos de língua inglesa que participais nesta celebração jubilar, o desporto reuniu-vos de diferentes países num comum interesse e em compartilhados objectivos. A vossa paixão pelo desporto é um ponto de referência para a solidariedade humana, a amizade e a boa vontade entre os povos. Oxalá os vossos esforços físicos sejam parte da vossa busca de valores mais excelsos que constroem o carácter e dão dignidade e sentido de conquista a vós mesmos e aos outros. Em termos cristãos, a própria vida é uma competição e um esforço em busca da bondade e da santidade. Deus vos abençoe nos empreendimentos e vos cumule, a vós e às vossas famílias, com o seu amor e a sua paz.

Uma saudação cordial aos deportistas de várias regiões de língua alemã, bem como aos treinadores e responsáveis. O desporto é "a actividade secundária mais bela do mundo", muitas vezes prejudicada pela acentuada concorrência. Porém, se for levado a sério, este pensamento pode dar-vos serenidade: a competição é apenas um jogo. O desporto vos proporcione divertimento e alegria. A bênção de Deus vos acompanhe!

Saúdo os desportistas de língua espanhola. Convido-vos a dedicar os vossos esforços ao desenvolvimento de toda a pessoa, ao incentivo da paz entre os povos e à obtenção do troféu mais precioso: receber de Deus a misericórdia e ser coroados na glória de Cristo.

Dirijo uma saudação amiga e alentadora aos profissionais e amadores desportistas dos vários países de língua portuguesa, lembrando a todos que a meta e o galardão mais alto da vida é Jesus Cristo. Não se contentem com menos, e subirão vitoriosos ao pódio da eternidade.

Saúdo com muito afecto os desportistas da Polónia e dos outros países do mundo. No dia do vosso Jubileu, juntamente convosco agradeço a Deus a força do espírito, graças à qual todos os dias não poupais fadigas e superais a debilidade pessoal, para conquistardes em nobre competição o louro nas diversas modalidades desportivas. O vosso perseverante esforço e a alegria das vitórias adquirem o significado de um símbolo, ao qual se pode referir todo aquele que quer crescer espiritualmente e de modo particular o cristão, que como escreve São Paulo "combate a boa batalha" para, quando terminar a corrida da vida, obter das mãos de Cristo "a coroa da justiça" (cf. 2 Tm 4, 6-7). Deus vos abençoe ao dardes este testemunho especial.

3. Dirijamo-nos agora a Maria Santíssima, invocando a sua materna protecção sobre todo o mundo do desporto, a fim de que seja sempre animado por valores autênticos e contribua para o desenvolvimento integral do homem e da sociedade.

 

© Copyright 2000 - Libreria Editrice Vaticana




© Copyright - Libreria Editrice Vaticana