Index   Back Top Print

[ IT  - PT ]

 

CELEBRAÇÃO DO JUBILEU DAS CRIANÇAS

PALAVRAS DO PAPA JOÃO PAULO II ÀS CRIANÇAS

Sala Paulo VI
Domingo, 8 de Janeiro de 1984

 

1. Queridas crianças, estou muito feliz de me encontrar no meio de vós, que circundais o Menino Jesus.

Estou convicto de que também vós estais contentes. Não é verdade?

Quero repetir-vos quanto já bem sabeis: vós sois os predilectos do Papa.

Tantas vezes eu disse isto a crianças como vós, de todas as nações. Na grande família, que é a Igreja católica, composta de tantos membros pequenos e grandes, as crianças são os filhos mais queridos.

Sabeis porquê?

Porque em vós se manifesta mais pura, mais límpida e mais transparente a imagem de Deus, o nosso Pai celeste, que nos criou por amor.

E depois vós sois os amiguinhos de Jesus, isto é, do Filho eterno do Pai que se fez homem, um como nós, para a nossa salvação; se fez criança, como vós, para trazer ao mundo os dons do amor, da bondade e da paz.

2. Nós contemplamos este divino Menino na imagem tão venerada e amada por vós romanos, que todos os anos subis com os vossos pais a escadaria que leva à Aracoeli, para exprimirdes o vosso amor.

Hoje também o Papa tem a alegria de vê-l'O e de adorá-1'O aqui, juntamente convosco.

Os vossos cânticos, as vossas poesias, as vossas cartinhas comoveram-me. Vós destinaste-las ao Menino Jesus e também ao Papa, que é na terra o Vigário e o anunciador dos dons que este Menino trouxe ao mundo: a verdade e o amor. Agradeço-vos em nome de Jesus.

E agradeço aos excelentes cantores, aos bons poetas, aos exímios peque-nos actores, e a todos os que os prepararam e orientaram.

Agradeço também aos membros da Pontifícia Obra da Infância Missionária, que educa as crianças ao amor pelas missões e à ajuda espiritual e material em favor de tantos da mesma idade que vivem nas nações que ainda não conhecem Jesus.

Agradeço-vos a todos, caríssimos, e a cada um de vós, porque fizestes tanta festa a Jesus, "o Amado que apascenta entre os lírios" (Cânt. 2, 16).

3. Mas agora quero pedir-vos algo em nome de Jesus. Vós respondereis com sinceridade às minhas perguntas.

Dizei-me, queridas crianças:

— De verdade, quereis bem ao Menino Jesus?

— Quereis que Jesus reine nos vossos corações?

— Quereis que Jesus reine no mundo?

— Quereis que neste Ano Santo da Redenção Jesus torne melhores todas as crianças e todos os homens da terra?

— Quereis que sobre o mundo inteiro, sobre todas as nações, sobre todas as famílias, desça a bênção e a paz do Senhor?

O Papa sabia que responderíeis todos com um belo "Sim", tão forte que fez quase tremerem as paredes desta sala.

Mas agora faço-vos outras perguntas, e estou certo que também a estas perguntas respondereis com sinceridade.

Queridas crianças, quereis ser boas, cada vez melhores por amor a Jesus?

— Mais fiéis aos vossos deveres de oração, de estudo e de caridade fraterna?

— Mais obedientes aos vossos pais e superiores?

— Procurareis ser sempre, também quando grandes, bons amigos de Jesus?

— Prometeis orar pela Igreja e pelo Papa?

E eis que de novo devo agradecer-vos esta promessa.

Sim, agradeço-vos e no nome de Jesus Menino abençoo-vos de todo o coração, com as vossas famílias.

O mesmo agradecimento e a mesma bênção torno-os extensivos às crianças das várias nações aqui presentes, e àquelas que estão a nós unidas mediante a rádio e a televisão:

Abençoo todos os amiguinhos do Menino Jesus, que são também meus amigos, e todas as famílias do mundo.

Agora rezaremos juntos e ao término desta celebração do vosso Jubileu vos concederei a bênção com o Santo Menino de Aracoeli.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana