Index   Back Top Print

[ EN  - ES  - IT  - PT ]

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II
AO POVO DOS ESTADOS UNIDOS

 

Caros amigos da América

O meu coração sente-se ainda cheio de alegria quando recordo o calor do vosso afecto e a cordialidade com que me recebestes durante a minha visita ao vosso grande país.

Tenho a felicidade de encontrar o actual breve momento para vos falar a respeito dos Serviços de Auxílio Católico e dessas insubstituíveis obras de misericórdia que tão próximas se encontram do meu coração. Lembro-me de como os Americanos mostraram repetidamente neste século profunda sensibilidade e compaixão, sempre que os sofrimentos da humanidade apelaram para eles. Eis o motivo por que não hesitei em dirigir-me a vós uma vez mais.

Os Serviços de Auxílio Católico avivam a renovação da fé na humanidade. Produzem salutar conforto aos nossos irmãos e irmãs na aflição, de uma extremidade do mundo à outra — à gente dos barcos do Vietname já uma vez rejeitada; às massas atormentadas de refugiados da Camboja; à população afligida pela sede no Timor Oriental; às vitimas de revoluções, guerras, ódio, desumanidade e subdesenvolvimento. Estes são nossos irmãos e irmãs que formam a clientela dos Serviços de Auxílio Católico. O dedicado corpo dos agentes destes Serviços em terras distantes anima-os no seu sofrimento e socorre-os nas necessidades.

Por meio desta emissão do "telethon" dos Serviços de Auxílio Católico dirijo as minhas palavras hoje a todos os Americanos, a todos os homens e todas as mulheres de boa vontade e de grande coração.

As palavras de fé, esperança e caridade são laço que une todos os povos. Vós podeis ajudar a estreitar este laço e a criar outros novos através do mundo — como vosso interesse, a vossa compreensão e o vosso amor.

Obrigado e Deus vos abençoe.

Vaticano, 2 de Junho de 1980

 

PAPA JOÃO PAULO II



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana