Index   Back Top Print


VIAGEM APOSTÓLICA DO SANTO PADRE AOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

PRECE DA MANHÃ NA CATEDRAL DE SÃO PATRÍCIO

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II

  Nova Iorque, 3 de Outubro de 1979

 

Queridos irmãos e irmãs

São Paulo pergunta: "Quem nos separará do amor de Cristo?". Enquanto permanecemos aquilo que somos, esta manhã — comunidade de oração unida em Cristo, comunidade eclesial de louvor e adoração do Pai — compreenderemos e experimentaremos a resposta: que ninguém — absolutamente nada — nos poderá nunca separar do amor de Cristo. Para nós hoje a Oração da manhã da Igreja é celebração alegre e comunitária do amor de Deus em Cristo.

O valor da Liturgia das Horas é enorme. Por seu meio, todos os fiéis, mas especialmente o clero e os religiosos, exercem uma função de capital importância: a oração de Cristo continua no mundo. O próprio Espírito Santo intercede pelo povo de Deus (Cfr. Rom 8, 27). A comunidade cristã glorifica com louvor e acção de graças a sabedoria, o poder, a providência e a salvação do nosso Deus.

Nesta oração de louvor, nós erguemos os nossos corações ao Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, levando connosco a angústia e as esperanças, as alegrias e as dores de todos os nossos irmãos e todas as nossas irmãs do mundo.

A nossa oração torna-se também escola de sensibilidade, porque nos dá consciência de quanto estão ligados entre si os nossos destinos na família humana. A nossa oração torna-se escola de amor — um género especial de amor cristão consagrado, pelo qual amamos o mundo, mas com o coração de Cristo.

Por meio desta oração de Cristo, a quem damos voz, o nosso dia fica santificado, as nossas actividades são transformadas e as nossas acções consagradas. Rezamos os mesmos salmos que Jesus rezou e entramos em contacto pessoal com Ele — a Pessoa para quem toda a Sagrada Escritura tende, o termo para que está dirigida toda a história.

Na nossa celebração da palavra de Deus, o mistério de Cristo abre-se diante de nós e envolve-nos; através de Cristo, tornamo-nos cada vez mais uma só coisa com todos os membros do Seu Corpo. Torna-se possível, como nunca antes, alongarmo-nos para abraçar o mundo, mas para o abraçar com Cristo: com generosidade autêntica, com amor puro e eficaz, no serviço, na cura das doenças e na reconciliação.

A eficácia da nossa oração dá especial honra ao Pai, porque é sempre feita por meio de Cristo e para glória do Seu nome: "Pedimos isto por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo, Teu Filho, que vive e reina conTigo e com o Espírito Santo, um só Deus, por todos os séculos dos séculos".

Como comunidade de oração e de louvor, com a Liturgia das Horas colocada entre os actos mais importantes do dia — de todos os dias podemos estar certos que nada nos separará do amor de Deus que está em Jesus Cristo Nosso Senhor.

 

© Copyright 1979 - Libreria Editrice Vaticana

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana