Index   Back Top Print

[ IT  - PT ]

 

SAUDAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II
NA AUDIÊNCIA ESPECIAL AOS JOVENS POR OCASIÃO
DA FESTIVIDADE LITÚRGICA DA CÁTEDRA DE SÃO PEDRO

Basílica Vaticana
Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 1984

 

Caríssimos

1. Sinto-me muito feliz de vos acolher hoje na Basílica Vaticana para esta Audiência dedicada só a vós, jovens e rapazes, porque neste dia celebramos a Festividade litúrgica da Cátedra de São Pedro. Isto é, recordamos com particular reflexão a missão dada por Jesus ao Apóstolo Pedro e aos seus Sucessores, os Bispos de Roma, de serem o fundamento visível da Igreja por Ele instituída e de confirmarem os irmãos na fé (cf. Mt. 16, 18; Lc. 22, 32). Sede, pois, neste singular dia bem-vindos ao máximo templo da Cristandade, que conserva o sepulcro do Primeiro dos Apóstolos!

Saúdo cordialmente todos os alunos das Escolas italianas de várias ordens e graus, desde as elementares às escolas superiores, juntamente com os respectivos Presidentes, os Directores Didácticos, os Professores, o Pessoal de serviço e os Familiares.

Saúdo depois, de modo particular, os alunos dos vários Institutos da Obra Nacional para a Região meridional da Itália, acompanhados pelos Membros do Conselho de Administração e dos Conselhos gerais da Família dos Alunos e da Congregação feminina "Servas do Senhor", que desejam com esta peregrinação jubilar recordar o centenário do nascimento do venerado Fundador, Don Giovanni Minozzi, juntamente com o co-Fundador da benemérita, obra, o célebre e incansável Padre Giovanni Semeria,

A vossa presença, tão cheia de alegria e de vida à volta da Cátedra de São Pedro, traz-me grande conforto e, ao agradecer-vos de coração o vosso gesto de fé e de devoção, exprimo-vos também o afecto que nutro por vós; asseguro-vos além disso a minha constante lembrança na oração, a fim de que possais permanecer firmes e fortes na fé, com toda a boa vontade empenhados no estudo e na obediência, diligentes na piedade, abertos à caridade pura com o próximo. Auguro a cada um de vós que a Peregrinação Jubilar e o encontro com o Sucessor de Pedro sirvam de estímulo e de encorajamento para um testemunho cristão ainda mais convicto e fervoroso.

2. O exemplo de fidelidade e de dedicação de Don Giovanni Minozzi e do Padre Giovanni Semeria na sua vida aventurosa, como sacerdotes, estudiosos, pregadores, educadores e capelães militares durante a terrível Primeira Guerra Mundial, pais amorosos de tantos jovens, humildes mas tenazes servidores da Igreja e dos pobres, pode sugerir também a vós, jovens e rapazes da Itália, um intenso programa de vida, que adquire maior força meditando a mensagem iluminada e exigente do Ano Santo da Redenção, que estamos a celebrar.

Deus fez-se homem, para que encontrássemos n'Ele, em Jesus Cristo, o significado da nossa vida e a directriz para a viver de modo válido e autêntico. Assim escrevia São Paulo: "O Filho de Deus amou-me e entregou-se por mim". Assim souberam e quiseram viver estes dois Ministros de Deus, em sintonia com o seu tempo, participantes nas vicissitudes humanas que lhes eram contemporâneas, mas com o único ideal do amor em nome de Cristo: o amor, de facto, foi a luz e o ideal da vida deles e das suas iniciativas e é o ensinamento fundamental que dão a todos vós:

— amai a verdade, assim como eles a amaram, com busca metódica e apaixonada e com ardente entusiasmo;

— amai com viva participação a Igreja, assim como a amaram;

— enfim, amai de modo especial os pobres, os humildes, os necessitados, os que sofrem. É preciso romper o egoísmo! É preciso deveras convencer-se de que a fé em Cristo deve ser traduzida no empenho da caridade concreta e activa.

3- Caríssimos!

Lê-se na biografia do Padre Semeria que ele repetia com frequência: "Ao fazer o bem não se erra nunca!", e Don Minozzi afirmava: "Enquanto viver, permanecerei fiel aos pobres, a qualquer preço!". São duas magníficas expressões, que também a vós confio, como duas lâmpadas acesas, que devem iluminar a vossa vida. São Pedro vos assista e vos confirme na fé; Maria Santíssima vos faça sentir o seu materno afecto para serdes sempre dignos do nome que levais! Acompanhe-vos também a minha propiciadora Bênção Apostólica que agora vos concedo e faço extensiva a todos os vossos familiares.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana