Index   Back Top Print


PALAVRAS DO PAPA JOÃO PAULO II
AOS PADRES ROGACIONISTAS
DO CORAÇÃO DE JESUS NO CENTENÁRIO
DO NASCIMENTO DA SUA CONGREGAÇÃO

Sábado, 26 de Julho de 1997

 

 

A hodierna celebração eucarística, na memória litúrgica dos Santos Joaquim e Ana, pais de Maria Santíssima, reveste um significado particular, de modo especial para vós, caros Padres Rogacionistas do Coração de Jesus, aos quais saúdo cordialmente. Estou feliz por me unir a vós ao dar graças ao Senhor pelo centenário do nascimento da vossa Congregação, que brotou do coração generoso do Beato Aníbal Maria de França, cujo septuagésimo aniversário da morte celebra-se neste ano. A Eucaristia é o ápice da oração eclesial: nela encontra cumprimento também a oração de Cristo e da Igreja pelas vocações, segundo o explícito mandato do Senhor: «Por isso, pedi ao Senhor da messe que mande trabalhadores para a Sua messe» (Mt 9, 38). Nestas palavras evangélicas Aníbal Maria de França encontrou a «via» para responder plenamente à vontade de Deus. Fazendo-a sua, tornou próprios os sentimentos do Coração do Bom Pastor, repleto de compaixão pelo rebanho do Pai.

Por intercessão de Maria, Mãe de toda a vocação cristã, e dos seus Santos Pais, que hoje veneramos, imploremos o dom do Espírito Santo, para que forme na Igreja homens e mulheres apaixonados de Cristo e do Evangelho, prontos a darem-se a si mesmos, com todo o coração e com todas as forças, pelo Reino de Deus. E o vosso Beato Fundador obtenha, para vós e para a vossa inteira Família espiritual, o dom de um renovado florescimento apostólico e missionário.

 

 

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana