Index   Back Top Print


PEREGRINAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AO SANTUÁRIO DE  LOURDES

POR OCASIÃO DO 150º ANIVERSÁRIO DA PROMULGAÇÃO
DO DOGMA DA IMACULADA CONCEIÇÃO

MOMENTO DE ORAÇÃO NA GRUTA DE MASSABIELLE

 SAUDAÇÃO DO SANTO PADRE AOS DOENTES

Lourdes, 14 de Agosto de 2004

 

Chegando à Gruta de Massabielle, desejo dirigir a minha primeira saudação aos doentes, que vêm a este santuário sempre em maior número, a quantos os acompanham, aos que se ocupam deles e às suas famílias.

Juntamente convosco, queridos irmãos e irmãs, sinto-me um peregrino junto da Virgem; faço minhas as vossas orações e as vossas esperanças; partilho convosco um tempo de vida assinalado pelo sofrimento físico, mas não por isso menos fecundo no desígnio admirável de Deus. Juntamente convosco peço por aqueles que se confiaram à nossa oração.

Para o meu ministério apostólico, tive sempre grande confiança na oferta, na oração e no sacrifício daqueles que sofrem. Exorto-vos a unir-vos a mim durante esta peregrinação, para apresentar a Deus, por intercessão da Virgem Maria, todas as intenções da Igreja e do mundo.

Amados irmãos e irmãs doentes, gostaria de vos abraçar entre os meus braços, um por um de modo afectuoso, e dizer-vos quanto estou próximo de vós e sou solidário convosco. Faço-o espiritualmente, confiando-vos ao amor materno da Mãe do Senhor, e pedindo que Ela vos obtenha as bênçãos e conforto do seu Filho Jesus.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana