Index   Back Top Print

[ DE  - EN  - IT  - PT ]

MENSAGEM VÍDEO DO PAPA FRANCISCO
NAS VÉSPERAS DA PARTIDA PARA A ARMÉNIA

[24-26 DE JUNHO DE 2016]

 

Prezados irmãos e irmãs!

Daqui a poucos dias terei a alegria de estar entre vós, na Arménia. Convido-vos a rezar desde já por esta viagem apostólica.

Vou ter convosco com a ajuda de Deus para fazer, como reza o lema da viagem, uma «visita ao primeiro país cristão». Vou como peregrino, neste Ano jubilar, para haurir da antiga sabedoria do vosso povo e beber das nascentes da vossa fé, rochosa como as vossas famosas cruzes esculpidas na pedra.

Vou às alturas místicas da Arménia como vosso irmão, animado pelo desejo de ver os vossos rostos, de rezar convosco e de partilhar o dom da amizade. A vossa história e as vicissitudes do vosso amado povo suscitam em mim admiração e dor: admiração, porque encontrastes na cruz de Jesus e no vosso engenho a força para vos erguerdes sempre, até de sofrimentos entre os mais terríveis que a humanidade recorda; dor, pelas tragédias que os vossos pais viveram na sua carne.

Não permitamos que as recordações dolorosas se apoderem do nosso coração; até diante dos reiterados assaltos do mal, não nos rendamos, mas façamos como Noé, que depois do dilúvio não se cansou de olhar para o céu e de libertar várias vezes uma pomba, até que um dia ela voltou trazendo-lhe um tenra folha de oliveira (cf. Gn 8, 11): era o sinal de que a vida podia recomeçar e a esperança devia renascer.

Desejo visitar-vos como servo do Evangelho e mensageiro de paz, para apoiar todos os esforços no caminho da paz e compartilhar os nossos passos na vereda da reconciliação, que gera a esperança.

Os grandes santos do vosso povo, especialmente o Doutor da Igreja Gregório de Narek, abençoem os nossos encontros, que aguardo com grande desejo. Em particular, espero reabraçar o meu Irmão Karekin e, com ele, dar renovado impulso a nossa senda para a plena unidade.

No ano passado viestes a Roma de diversos países e todos juntos pudemos orar diante do túmulo de São Pedro. Agora vou à vossa abençoada terra para revigorar a nossa comunhão e progredir no caminho da reconciliação, deixando-nos animar pela esperança.

Obrigado e até breve! Tsdesutiun!

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana