Index   Back Top Print


DISCURSO DO PAPA FRANCISCO
AOS ADIDOS DA ANTECÂMARA DO PALÁCIO APOSTÓLICO
 E SEUS FAMILIARES

Sala Clementina
Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2014

 

Estimados amigos

É de muito bom grado que me encontro convosco enquanto vos transmito, assim como às vossas famílias, os melhores votos pelo ano recém-começado.

Aqui estais em casa, e eu agradeço-vos o serviço que prestais durante as audiências, as cerimónias e as recepções oficiais. Tenho grande apreço pela atenção e a cordialidade com as quais desempenhais o vosso trabalho, com espírito de hospitalidade, animados pelo amor à Igreja e ao Papa.

Perguntemo-nos: de quem é a Casa Pontíficia? Quem é o dono desta Casa? A Casa Pontifícia é de todos os membros da Igreja católica, que aqui experimentam hospitalidade, afecto familiar e sustentáculo para a sua fé. E o verdadeiro Dono de casa é o Senhor, de Quem todos nós somos discípulos, servidores do seu Evangelho. Isto exige que cultivemos um diálogo constante com Ele na oração, que prosperemos na sua amizade e intimidade, e que demos testemunho do seu amor misericordioso por todos. Levado a cabo com este espírito, o vosso trabalho pode tornar-se uma ocasião para transmitir a alegria por fazer parte da Igreja.

A liturgia de ontem apresentou-nos a figura do jovem Samuel que, quando habitava no templo de Jerusalém, reconheceu a voz do Senhor e respondeu ao seu chamamento (cf. 1 Sm 3, 9). Também estes ambientes sejam para vós um lugar onde ouvir a Deus que vos fala, que vos chama para O servir de maneira cada vez mais madura e generosa.

Caros amigos, o Senhor abençoe as vossas famílias, e que Nossa Senhora as proteja sempre. Por favor, recomendo-me às vossas preces. Obrigado!

 




© Copyright - Libreria Editrice Vaticana