Index   Back Top Print

[ EN  - IT  - PT ]

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
A UMA DELEGAÇÃO DO CENTRO SIMON WIESENTHAL
 DE LOS ANGELES

Sala do Trono
Segunda-feira, 25 de Abril de 1983

 

Caros amigos

Dirijo calorosas saudações a todos os membros da delegação organizada pelo Centro Simon Wiesenthal de Los Angeles. É-me grato receber-vos hoje no Vaticano, e favorecer assim o diálogo entre o judaísmo e a Igreja católica. Encontros como o nosso aprofundam os laços de amizade e confiança e ajudam-nos a apreciar mais plenamente a riqueza da nossa comum herança como povo que crê no único Senhor e Deus que Se revelou a Si mesmo ao homem.

Como cristãos e judeus, como filhos de Abraão, somos chamados a ser uma bênção para o mundo (cf. Gén. 12, 2 ss.), de modo especial mediante o nosso testemunho de fé em Deus, fonte de toda a vida, e mediante o nosso empenho em trabalharmos juntos para o estabelecimento da verdadeira paz e justiça entre todos os povos e nações. Tomando a via do diálogo e da mútua colaboração, aprofundamos os laços de amizade e confiança entre nós e oferecemos aos outros um sinal de esperança para o futuro.

Estou contente por saber que o vosso itinerário inclui uma visita à Polónia para comemorar o quadragésimo Aniversário da insurreição do gueto de Varsóvia. Precisamente não há muito tempo, ao falar do horrível e trágico acontecimento histórico, disse: "Era um grito desesperado pelo direito à vida, pela liberdade e pela salvação da dignidade humana... Prestando homenagem à memória destas vitimas inocentes, peço que o Deus eterno aceite este sacrifício pelo bem-estar e a salvação do mundo".

Deus vos abençoe e às vossas famílias com harmonia e paz. Ele vos abençoe com a plenitude da Paz.

 

© Copyright 1983 - Libreria Editrice Vaticana

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana