Index   Back Top Print

[ EN  - IT  - PT ]

 

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 A UM GRUPO DE PEREGRINOS INGLESES
DAS DIOCESES DE ARUNDEL E BRIGTON

Sala Clementina
24 de Outubro de 1983

 

Caros Amigos

É-me grato estar convosco hoje. A vossa presença faz-me recordar o tempo que passei na vossa Diocese, a minha breve permanência no Aeroporto de Gatwick na minha chegada a Inglaterra. A minha visita pois, a visita dos vossos jovens que me foi feita em Agosto, e a vossa visita agora são todas momentos de comunhão eclesial, embora breves. Somos um em Cristo e na sua Igreja, unidos na palavra de Deus, unidos na nossa sagrada fé católica.

Em particular, viestes a Roma com o vosso Bispo a fim de celebrar com a Igreja universal o mistério da Redenção. Viestes com os corações abertos a Cristo Redentor, pedindo para receberdes o seu perdão e o seu amor nas vossas vidas, pedindo a misericórdia para a Igreja e para todo o mundo. Ao mesmo tempo fostes chamados a dar graças ao Pai de misericórdia e ao Deus de toda a consolação que nos chama a todos "das trevas para Sua luz admirável" (1 Ped. 2, 9).

A vossa vocação durante este Ano Santo e sempre é para que vos torneis cada vez mais um povo de oração — oração expressa na súplica e louvor, na reparação e adoração. E é no Sacrifício Eucarístico que a vossa oração será unida com a oração de Cristo para ser oferecida ao Pai. No Sacrifício Eucarístico o mistério da Redenção é renovado e vós entrais nele através do mistério da graça.

Caros peregrinos de Arundel e Brighton, na devota celebração da Missa, abri os vossos corações de modo cada vez mais amplo a Jesus Cristo o Redentor do mundo.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana