Index   Back Top Print

[ DE  - IT  - PT ]

 

VIAGEM APOSTÓLICA DO PAPA JOÃO PAULO II À ÁUSTRIA
[10-13 DE SETEMBRO DE 1983]

VISITA AO SANTUÁRIO DE MARIAZELL

ACTO DE CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA

13 de setembro de 1983

 

1. Bendita és Tu, Mãe que acreditaste! Assim Te louvamos, juntamente com Isabel (cf. Lc. 1, 45). Bendita és Tu, Mãe de Nosso Senhor Jesus e da Igreja.

És a Mãe de todos nós, que fizemos hoje esta peregrinação ao Teu santuário de Mariazell: Bispos, sacerdotes, diáconos, religiosos, seminaristas, noviços e muitos fiéis vindos de perto e de longe com o Sucessor do Apóstolo Pedro no meio do Povo de Deus em peregrinação.

Diante de Ti queremos recitar esta prece de consagração. Ao Teu Coração puro confiamos tudo aquilo que nos está profundamente a peito nesta hora: todos os nossos justos desejos e as nossas esperanças, e também as nossas preocupações e sofrimentos. Guia-nos com as nossas alegrias e tristezas para o Teu Filho, no santuário do Seu Coração transbordante de amor, a fim de que Ele mostre aos Seus irmãos e às Suas irmãs o Pai, sagrada meta dos nossos caminhos.

2. Santa Maria de Mariazell! Confiamos-Te este País com as suas aldeias e cidades, a Áustria inteira e os seus habitantes. A sua preciosa herança, o cristianismo, possa continuar a formar e a guiar a vida dos indivíduos e das famílias, da sociedade e do Estado. Possa ajudar todos a encontrar o sentido mais profundo do próprio caminho sobre a terra. Possa despertar coragem e esperança para os dias e os anos vindouros.

3. Ao Teu Coração materno, Maria, confiamos de modo especial aqueles que estão oprimidos pelo sofrimento e a dor: doentes e deficientes, homens e mulheres que vivem matrimónios difíceis, crianças de famílias em conflito, homens com dívidas pesadas, desempregados, incapazes e encarcerados; Quantas lágrimas, quantos sustos, quantas trevas neste caminho!

A Cruz do Teu Filho resplandeça diante deles como símbolo da infinita misericórdia de Deus. Mostra-lhes o espírito de Cristo que permite vencer o mal com o bem (cf. Rom. 12, 21), dar novo sentido à vida com o amor corajoso. Aceita, Mãe misericordiosa, todo o serviço desinteressado de bom samaritano, todas as horas oferecidas voluntariamente para o serviço ao próximo que sofre.

4. Do mesmo modo recomendamos-Te os homens no pleno vigor da vida, homens e mulheres responsáveis na família, no trabalho, no empenho para com a comunidade do País. Faz que encontrem na Boa Nova luz e força para as próprias ideias e decisões, guiados por uma matura consciência cristã: os pais e as mães, os professores e os médicos, os cientistas e os políticos, os agentes de polícia, os soldados e todos aqueles que se prodigalizam pelo bem da comunidade. Mostra-lhes o valor luminoso da Verdade, o grande bem da Justiça, o esplendor silencioso do altruísmo!

5. Invocamos também a Tua protecção materna, ó Mãe, para as gerações jovens: crianças, rapazes e raparigas, homens e mulheres jovens. Condu-los docemente, passo a passo, no caminho da responsabilidade cristã para consigo mesmos e para com a comunidade: os corajosos e os fortes, os empreendedores e os activos, e também os silenciosos, os que hesitam, os indecisos, os que riem frequentemente e os que estão sempre sérios.

Faz que não se apague nos seus corações a luz daqueles ideais que dão à vida do homem o seu verdadeiro significado. Ninguém os transcure: nem os próprios jovens, nem quem quer que seja. ó Mãe, abençoa a juventude a fim de que possa não só exigir muito de si mesma e dar muito aos outros, mas também resistir às tentações de um mundo de prazeres e promover o bem do próximo.

6. Por fim, confiamos-Te, Santa Mãe de Deus, de Mariazell, a Igreja de Jesus Cristo aqui na Áustria: todos aqueles que dela têm a responsabilidade e nela prestam serviço, todos os pastores e os fiéis das dioceses de Salisburgo e Viena, de Sankt Poelten e Linz, de Graz-Seckau e Eisenstadt, Dé Gurk, de Innsbruck e Feldkirch. Faz que a Igreja possa cumprir hoje e também no futuro a sua missão de salvação: em nome do Evangelho de Jesus Cristo, em estreita união com as outras Igrejas locais da Igreja universal e com a Sé de Pedro em Roma, para o bem e a prosperidade de todos os homens deste País, os que nele nasceram e os que para ele se transferiram, os que têm fé e os que a procuram.

Mãe da Igreja, mostra novamente ao Povo de Deus deste Pais o caminho para descobrir e promover novas vocações para o sacerdócio e para a vida religiosa. Oxalá se intensifique e se difunda mais ainda o multíplice apostolado dos leigos, e possa aumentar também a responsabilidade missionária de todos! Magna Mater Austriae, abençoa a Igreja da Áustria.

Cristo, Bom Pastor dos que são Vossos, acolhei no coração da Vossa Mãe toda a nossa fé, a nossa boa vontade e a nossa dedicação sincera. Amém.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana