Index   Back Top Print

[ IT  - PT  - SK ]

 

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
A UMA PEREGRINAÇÃO DE ESLOVACOS

Castel Gandolfo, 18 de setembro de 1983

 

Caros Irmãos no serviço episcopal
amados filhos e filhas!

Dou-vos as boas-vindas com alegria e com o coração aberto. Agradeço-vos a visita, e também o dom espiritual que me mandam da Eslováquia os que sofrem e que prepararam os membros do Apostolado da oração e leitores de Posol.

Saúdo os Bispos presentes e todos vós, como também aqueles que levais nos vossos corações e quantos hoje estariam de bom grado convosco.

Viestes a Roma por ocasião do Ano Santo da Redenção e para lembrar o vigésimo aniversário da bênção do Instituto Eslovaco dos Santos Cirilo e Metódio. Quando, há vinte anos, o meu grande Predecessor Paulo VI recebeu em audiência os peregrinos, vindos à Cidade eterna para a bênção do Instituto, sublinhou a grande importância da tradição e da herança espiritual, da qual nasce a vossa nação, e convidava os presentes a fazerem do novo Instituto um lar espiritual, onde concentrar todos os ideais e todas as esperanças, dos quais hauris a luz e o calor que unem os filhos da vossa nação, espalhados pelo mundo (cf. Insegnamenti di Paolo VI, I, 1963, 130-131).-

Quando há pouco menos de dois anos visitei o Instituto, pude dizer com alegria, que aqui "A mensagem espiritual de São Cirilo e São Metódio é regra de vida e um programa consciente de trabalho quotidiano" (L'Osservatore Romano, 9-10 de Novembro de 1981). Repito-a também hoje como exortação. Permanecei sempre fiéis à herança dos Santos Cirilo e Metódio! "Penetrai-a cada vez melhor, em profundidade, em todas as suas dimensões vitais, com todas as suas consequências para a vida pessoal e, social! Vivei segundo, esta herança, permanecei-lhe fiéis, defendei-a e enriquecei-a na certeza de que ela constitui a base da vossa grandeza espiritual e da real grandeza cultural do vosso povo, e de todo o povo e toda a nação!" (l. c.).

O Ano jubilar da Redenção faz-me recordar a nascente de todas as graças, o Senhor Jesus, juntamente com Sua Mãe Dolorosa, Padroeira da Eslováquia. Portanto, aqui na Cidade eterna, vos seja proveitosa a graça de Deus que emana da obra redentora de Cristo: pela intercessão da Mãe de Deus, Nossa Senhora das Dores, e com a minha Bênção que de todo o coração vos concedo, a. vós, aos vossos entes queridos e a todos os Eslovacos no mundo e na Pátria.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana