Index   Back Top Print

[ EN  - IT  - PT ]

 

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
AOS ESTUDANTES E DOCENTES DA 
JOHNS HOPKINS UNIVERSITY - SEDE DE BOLONHA

26 de Março de 1984

 

Caros Amigos

É com muito prazer que vos recebo a todos vós provenientes do Centro de Bolonha da Escola de Estudos Internacionais Avançados, da Johns Hopkins University. A vossa experiência educativa, típica e estimulante, oferece a cada um de vós uma excelente oportunidade de crescer na consciência do papel vital que o intercâmbio e o diálogo internacionais devem desempenhar na sociedade moderna.

Como estudantes especializados, provenientes de diversas partes do mundo, reunistes-vos para estudar a aplicação da economia, da história e da ciência política contemporâneas aos problemas dos Estados Unidos e da Europa. Contudo, os temas e as ideias que vós discutis têm claras repercussões na situação presente e no destino futuro de povos e nações em todo o mundo.

Sinto-me contente por estar hoje aqui convosco, porque tenho deste modo a oportunidade de compartilhar convosco as minhas próprias convicções acerca da importância de um encontro internacional como é este em que participais: importante não apenas como um modo de adquirirdes individualmente conhecimentos técnicos avançados como preparação para a vossa carreira profissional, mas importante também pela missão que ele representa, missão de promover um frutuoso diálogo como meio de estabelecer uma recíproca compreensão entre os povos, e um mais forte sentido de solidariedade universal.

2. A Igreja católica, embora não menosprezando nunca os requisitos materiais necessários para a paz e o desenvolvimento integral do homem, dá uma importância especial às condições espirituais e morais  necessárias para a realização das esperanças e aspirações da humanidade. Ao mesmo tempo, ela tem consciência de que qualquer tentativa de unir os povos e as nações, numa cooperação cada vez mais estreita, só será possível se prevalecer em todo o lado um profundo sentido de fraternidade que transforme o diálogo num objectivo permanente.

O programa no qual vós estais agora a participar constitui uma construtiva iniciativa para a prossecução deste objectivo. Através do estudo e das análises comparadas dos sistemas económicos e políticos internacionais, podereis aprender a conhecer melhor a evolução das várias teorias e sistemas e, ao mesmo tempo, a avaliar com uma objectividade cada vez maior a influência dos factores sócio-económicos no mundo de hoje.

No entanto, ao ver-vos ocupados neste complexo e técnico campo de aprendizagem, desejo encorajar-vos a não esquecer nunca o objectivo último e a finalidade principal do vosso estudo, nomeadamente a promoção e a protecção da dignidade da pessoa humana. Trata-se certamente de uma perspectiva profundamente cristã. Gostaria de recordar as afirmações que fiz a este respeito na mensagem que dirigi em 1979 à Trigésima quarta Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas: o critério fundamental para comparar os sistemas sociais, económicos e políticos, não é, e não pode ser, o da hegemonia e do imperialismo; deve ser, pelo contrário, um critério humanista, por exemplo, em que medida cada sistema é realmente capaz de reduzir, restringir e eliminar tanto quanto possível as diversas formas de exploração do homem, e de lhe assegurar, através do trabalho, não apenas uma justa distribuição dos bens materiais indispensáveis, mas também a participação, sem renunciar à sua dignidade, em todo o processo de produção e na vida social que se desenvolve a partir daquele processo" (A.A.S, LXXI, 15 de Outubro de 1979, p. 1156).

3. Ao desejar que a humanidade prossiga este objetivo eu acredito firmemente que esta re-educação deve ser acima de tudo de natureza espiritual e religiosa. Deve ser edificado um fundamento moral que leve todos os povos a abandonar as desconfianças recíprocas e a unirem-se para formar uma comunidade internacional com deveres e objectivos comuns.

Convido-vos hoje a empenhar-vos na realização destes nobres objectivos através da sua aplicação aos diversos campos da vossa especialização. Dareis deste modo urn significativo contributo para a edificação de uma sociedade mais genuinamente humana, fundada na justiça e na caridade.

A concluir, desejo saudar de modo especial o Presidente e o Director da Johns Hopkins University, o Decano da Escola de Estudos Internacionais Avançados, bem como o Director e os Professores do Programa do Centro de Bolonha. Encorajo-vos na vossa dedicação aos estudos superiores, especialmente aos que põem em relevo a dignidade de cada pessoa humana e promovem a cooperação fraterna para o progresso geral dos povos. A vossa presença hoje aqui é muito apreciada.

Que Deus vos abençoe e às vossas famílias.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana