Index   Back Top Print

[ PT ]

 

RADIOMENSAGEM DO PAPA JOÃO XXIII
AO POVO PORTUGUÊS POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO
DO MONUMENTO NACIONAL DEDICADO A CRISTO REI

Domingo, 17 de Maio de 1959

 

Com o maior júbilo para o Nosso coração de Pai comum, que aproveitamos a oportunidade da solene inauguração do monumento nacional a Cristo Rei, para manifestarmos ao povo português todo o Nosso afecto e benevolência.

Quando da Nossa ida a Fátima, tivemos o prazer de admirar e apreciar o monumento, que se estava construindo, e que hoje é inaugurado perante todo o Episcopado português, de aquém e além mar, e os representantes do Episcopado brasileiro.

Tal monumento quer atestar o amor e reconhecimento de toda a Nação a Cristo Rei, ao mesmo tempo que é o cumprimento de um voto solene pela Pátria e pela Igreja, em boa hora feito, quando Portugal corria o risco iminente de ser arrastado para a guerra. Bem haja, pois, o Episcopado português por tão nobre iniciativa, e bem hajam a Comissão Nacional e todos, ricos e pobres, pequenos e grandes, por terem contribuído, com os seus sacrifícios e orações, para a construção do monumento, tornando assim possível este dia de acção de graças nacional.

Pedindo a Deus que continue a derramar sobre Portugal inteiro a abundância das Suas graças e favores, concedemos a todo o querido povo português, hoje espiritualmente reunido, com as suas supremas autoridades, em volta do Episcopado e do Clero, a Nossa especial e larga Bênção Apostólica.

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana