Index   Back Top Print

[ AR  - DE  - EN  - ES  - FR  - HR  - IT  - PT ]

PAPA FRANCISCO

ANGELUS

Praça São Pedro
Domingo, 29 de setembro de 2019

[Multimídia]


 

Queridos irmãos e irmãs!

Desejo saudar todos vós que participastes neste momento de oração, com o qual renovamos a preocupação da Igreja pelas várias categorias de pessoas vulneráveis em movimento. Em união com os fiéis de todas as Dioceses do mundo, celebramos o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, para reafirmar a necessidade de que ninguém seja excluído da sociedade, quer seja um cidadão residente de longa data, quer recém-chegado.

Para sublinhar este compromisso, daqui a pouco inaugurarei a escultura, que tem como tema estas palavras da Carta aos Hebreus: «Não vos esqueçais da hospitalidade, pois graças a ela alguns, sem o saberem, acolheram anjos» (13, 2). Esta escultura, de bronze e argila, representa um grupo de migrantes de várias culturas e diferentes períodos históricos. Eu quis esta obra de arte aqui na Praça de São Pedro, a fim de que recorde a todos o desafio evangélico da hospitalidade.

Amanhã, segunda-feira 30 de setembro, terá início nos Camarões um encontro de diálogo nacional em vista da busca de uma solução para a difícil crise que há anos aflige o país. Sentindo-me próximo dos sofrimentos e das esperanças do amado povo camaronês, convido todos a rezar para que este diálogo possa ser fecundo e conduzir a soluções de paz justas e duradouras, em benefício de todos. Maria, Rainha da Paz, interceda por nós!

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana