Index   Back Top Print

[ EN  - ES  - FR  - IT  - PT ]

MENSAGEM VÍDEO DO PAPA FRANCISCO
 AOS JOVENS CANADENSES QUE PARTICIPAM
 DO "FÓRUM NACIONAL DA JUVENTUDE"

 

Prezados jovens amigos canadenses!

Estou feliz por passar um pouco de tempo convosco, participando no vosso diálogo que vê em vós os protagonistas, desde o Atlântico até ao Pacífico. São as maravilhas da tecnologia que, se forem aproveitadas positivamente, oferecem ocasiões de encontro e de intercâmbio até há pouco tempo impensáveis.

Isto confirma-nos que quando as pessoas trabalham juntas, procurando o bem umas das outras, o mundo revela-se em toda a sua beleza. Então, peço-vos que não deixeis que ele seja arruinado por quantos pensam unicamente em explorá-lo e destruí-lo, sem escrúpulos. Convido-vos a inundar os lugares onde viveis, com a alegria e o entusiasmo típicos da vossa idade, a irrigar o mundo e a história com o júbilo que deriva do Evangelho e do facto de terdes encontrado uma Pessoa: Jesus, que vos fascinou e vos atraiu para estar com Ele.

Não vos deixeis roubar a vossa juventude. Não permitais que ninguém impeça nem ofusque a luz que Cristo faz brilhar no vosso rosto e coração. Sede tecedores de relacionamentos caraterizados pela confiança, pela partilha e pela abertura, até aos extremos confins do mundo. Não levanteis muros de divisão, não construais paredes divisórias. Edificai pontes, como esta extraordinária que idealmente estais a atravessar e que coloca em comunicação as margens de dois oceanos. Viveis um momento de intensa preparação para o próximo Sínodo — o Sínodo dos Bispos — que vos diz respeito de maneira particular, do mesmo modo que envolve toda a comunidade cristã. Com efeito, o seu tema é: «Os jovens, a fé e o discernimento vocacional».

«Desejo recordar-vos também as palavras que certo dia Jesus dirigiu aos discípulos, que lhe perguntavam: “Rabi, onde moras?”. Ele respondeu: «Vinde ver!» (cf. Jo 1, 38-39). Jesus dirige o seu olhar também a vós, convidando-vos a caminhar com Ele. Caríssimos jovens, encontrastes este olhar? Ouvistes esta voz? Sentistes este impulso a pôr-vos a caminho? Estou convicto de que, não obstante a confusão e o atordoamento deem a impressão de reinar no mundo, este apelo continua a ressoar no vosso espírito para o abrir à alegria completa. Isto será possível na medida em que, inclusive através do acompanhamento de guias especializados, souberdes empreender um itinerário de discernimento para descobrir o projeto de Deus na vossa vida, na tua, na tua, na tua... na vida de cada um de vós. Mesmo quando o vosso caminho estiver marcado pela precariedade e pela queda, Deus rico de misericórdia estende a sua mão para vos erguer».

Escrevi estas palavras na carta que enviei a todos os jovens do mundo, no dia 13 de janeiro do corrente ano, exatamente para apresentar o tema do Sínodo. O mundo e a Igreja têm necessidade de jovens corajosos, que não se assustem diante das dificuldades, que enfrentem as provações e que mantenham os olhos e o coração bem abertos para a realidade, a fim de que ninguém seja rejeitado, nem se torne vítima de injustiças e de violências, e também não seja privado da sua dignidade de pessoa humana.

Estou persuadido de que o vosso coração jovem não permanecerá fechado ao grito de ajuda de tantos vossos coetâneos que em busca de liberdade, trabalho, estudo e possibilidade de dar um sentido à própria vida. Conto com a vossa disponibilidade, com o vosso engajamento, com a vossa capacidade de enfrentar desafios importantes e de ousar o futuro, para dar passos decisivos no caminho da mudança.

Jovens, deixai-vos alcançar por Cristo. Permiti que Ele vos fale, que vos abrace e console, que cure as vossas feridas, dissolva as vossas dúvidas e os vossos temores, e estareis prontos para a fascinante aventura da vida, dádiva preciosa e impagável que todos os dias Deus coloca nas vossas mãos. Ide ao encontro de Jesus, permanecei com Ele na oração, confiai-vos a Ele, fazei a oblação de toda a vossa existência ao seu amor misericordioso e à vossa fé, e esta vossa fé será testemunho resplandecente de generosidade e alegria no seu seguimento, para onde quer que Ele vos conduza.

Caros jovens do Canadá, faço votos de que vivais um encontro como o dos primeiros discípulos, para que se vos abra de par em par a beleza de uma existência realizada no seguimento do Senhor. Por isso, «confio-vos a Maria de Nazaré, uma jovem como vós, à qual Deus dirigiu o seu olhar amoroso, a fim de que vos tome pela mão. Deixai-vos tomar pela mão por Maria e que Ela vos guie para a alegria de um “Eis-me!” pleno e generoso» (Carta aos jovens, 13 de janeiro de 2017). Jesus olha para ti, e de ti espera um “Eis-me!”.

Abençoo-vos, abraço-vos e saúdo-vos com carinho enquanto vos peço, por favor, que rezeis por mim para que eu possa contribuir fielmente para a vossa alegria (cf. 2 Cor 1, 24). Obrigado!

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana