Index   Back Top Print

[ DE  - EN  - ES  - IT  - PT ]

DISCURSO DO PAPA FRANCISCO
A UMA DELEGAÇÃO DE JORNALISTAS CATÓLICOS
DA REPÚBLICA DA ALEMANHA

Sala dos Papas
Quinta-feira, 4 de abril de 2019

[Multimídia]


 

Senhoras e Senhores!

Estou feliz por saudar a vossa Delegação, composta por representantes da Conferência Episcopal Alemã, da Igreja Evangélica na Alemanha e dos meios de comunicação de direito público na Alemanha. Agradeço ao Senhor Cardeal Marx as palavras que me dirigiu, também em nome do Senhor Landesbischof, Heinrich Bedford-Strom.

O vosso encontro constitui uma expressão do diálogo vivo entre as Igrejas e a Radiotelevisão pública na Alemanha. O colóquio gera compreensão, abre horizontes, e reunir-se cria o espaço para um intercâmbio livre e aberto de informações, opiniões e análises. Isto beneficia os homens e as mulheres do vosso país. Encorajo-vos no vosso compromisso a fazer com que haja factos em vez de fake news, objetividade em vez de boatos, busca de exatidão em vez de manchetes aproximativas.

Desde há algum tempo estamos a assistir a uma evolução preocupante no mundo: a contestação do direito à vida, o avanço da eutanásia, a negação da igualdade social, a falta de integração, a violação da dignidade humana e da liberdade de consciência. Neste contexto, aos meios de comunicação públicos compete a responsabilidade de tomar decididamente posição em prol do precioso bem da liberdade humana. E as Igrejas sustentam-vos neste serviço, dado que a elas foi confiada a missão de Cristo, que veio entre os homens «a fim de que tenham vida, e a tenham em abundância» (Jo 10, 10).

Agradeço a todos o vosso trabalho. Como jornalistas, colocais as pessoas no centro da vossa atenção, com a intenção de oferecer a vossa contribuição para que a sua vida seja e permaneça digna de ser vivida. Faço votos de que nos vossos serviços nunca faltem aspetos positivos, numerosas boas notícias que valem a pena de ser contadas e que proporcionam esperança. Que o Senhor vos acompanhe com a sua Bênção, com a sua proximidade na vossa atividade. E, por favor, não vos esqueçais de rezar por mim. Danke!

 



© Copyright - Libreria Editrice Vaticana